Como funcionam as vitaminas B

Autor: 
Dr. Jerry Gordon

Selo HowStuffWorks

Todos nós olhamos para a caixa de cereal durante o café da manhã querendo saber o que significam as palavras riboflavina, ácido fólico e piridoxina. Sua mãe já lhe lembrou alguma vez de fazer uma dieta equilibrada e de comer hortaliças? Tanto as palavras na sua caixa de cereal como o bom conselho de sua mãe envolvem as vitaminas B, que são um grupo de oito vitaminas individuais, geralmente mencionadas como vitaminas do complexo B. Neste artigo, vamos dar uma olhada em como funcionam as vitaminas B para saber por que Kellogg's e sua mãe fazem questão de incluir estas vitaminas essenciais em sua dieta. Vamos ver também algumas sérias situações que são resultado das carências das vitaminas B.

O que exatamente são as vitaminas e o que elas fazem por nós?
A palavra vitamina é derivada da combinação das palavras: vital amina, e foi concebida pelo químico polonês Casimir Funk, em 1912. Ele isolou a vitamina B1, ou a tiamina, do arroz. Isso determinou uma das vitaminas que prevenia o beribéri, uma doença deficitária marcada por inflamações, lesões degenerativas dos nervos, sistema digestivo e coração.

Vitaminas B
Foto cedida NASA
Ilustração da molécula de vitamina B12

Se você ler O que são as vitaminas e como elas funcionam?, vai saber que as vitaminas são moléculas orgânicas (contendo carbono) que funcionam principalmente como catalisadores para reações dentro do organismo. Um catalisador é uma substância que permite que uma reação química ocorra usando menos energia e menos tempo do que levaria em condições normais. Se estes catalisadores estiverem faltando, como na carência de vitaminas, as funções normais do organismo podem entrar em colapso e a pessoa fica suscetível a doenças.

O organismo requer vitaminas em pequenas quantidades (centésimos de grama, em muitos casos). Tomamos vitaminas destas três principais fontes:

  • alimentos;
  • bebidas;
  • nossos organismos: a vitamina K e uma parte das vitaminas B são produzidas dentro de nossos intestinos por bactérias, e a vitamina D é formada com a ajuda de radiação ultravioleta ou luz do sol.

As vitaminas tanto são solúveis em gordura como solúveis em água. As solúveis em gordura podem ser lembradas com a sigla mnemônica (que ajuda a memória) ADEK, para as vitaminas A, D, E e K. Estas vitaminas se acumulam dentro da gordura armazenada no organismo e dentro do fígado. As vitaminas solúveis em gordura, quando tomadas em grandes quantidades, podem ser tóxicas. As vitaminas solúveis em água incluem a vitamina C (veja Como funciona a vitamina C) e as vitaminas B. As vitaminas solúveis em água tomadas em excesso são excretadas na urina, mas às vezes são associadas à toxidade. Tanto as vitaminas B como a vitamina C são armazenadas no fígado.

As vitaminas do complexo B são um grupo de oito vitaminas:

  • tiamina (B1)
  • riboflavina (B2)
  • niacina (B3)
  • piridoxina (B6)
  • ácido fólico (B9)
  • cianocobalamina (B12)
  • ácido pantotênico e
  • biotina

Estas vitaminas são essenciais para:

  • a decomposição química de carboidratos em glicose (isto fornece energia para o organismo)
  • a decomposição química das gorduras e proteínas (que ajudam o funcionamento normal do sistema nervoso)
  • o tônus muscular no estômago e o trato intestinal
  • pele
  • cabelo
  • olhos
  • boca
  • fígado

Alguns médicos e nutricionistas sugerem tomar as vitaminas do complexo B como um grupo para a boa saúde em geral. Contudo, a maioria concorda que o melhor modo de obter as vitaminas B é através dos alimentos que comemos.