O que é a vitamina B12

Autor: 
Jennifer Brett

A vitamina B12, também chamada de cianocobalamina ou cobalamina, é única. Ela se difere de outras vitaminas, até das do complexo B,
de muitas formas. Ela tem uma estrutura química muito mais complexa do
que a de qualquer outra vitamina. É a única que contém um elemento
inorgânico (o mineral cobalto) como parte integrante de sua formação. E
apenas os microorganismos e bactérias podem fabricá-la – plantas e animais não conseguem.

A
busca pela vitamina B12 começou em 1926, quando dois pesquisadores
descobriram que os pacientes que comiam quase 500 g de fígado cru, por
dia, não corriam risco de apresentarem anemia
perniciosa. Os cientistas afirmaram que o alimento continha uma
substância que prevenia tal problema, mas queriam saber por que as
vítimas desse tipo de anemia precisavam de uma quantidade tão grande
dessa substância.

William Castle sugeriu que o fígado possuía um
fator AAP (anti-anemia perniciosa). Ele também acreditava que as
pessoas que sofriam da doença não tinham um fator intrinsecamente
necessário para usar o fator AAP. Ao comerem aproximadamente 500 g de
fígado diariamente, elas poderiam contrabalançar a falta do
fator intrínseco e absorver o fator AAP de que precisavam.

As ostras e os mariscos são superados apenas pelo fígado como fonte de vitamina B12.
©2006 Publications International, Ltd.
As ostras e os mariscos são superados apenas pelo fígado como fonte de vitamina B12.

Nos
20 anos seguintes, os cientistas buscaram esse fator. O progresso foi
lento até 1948, quando começaram a ser feitos testes em um "animal"
experimental – o microorganismo Lactobacillus lactis. Em vez de
testarem os extratos do fígado nas pessoas, os pesquisadores o fizeram
nos microorganismos. Como eles se reproduzem com
rapidez, muitas gerações puderam ser testadas em um curto período de
tempo.

Em menos de um ano, dois grupos de pesquisa – um da Inglaterra e outro dos Estados Unidos – conseguiram isolar o fator AAP – a vitamina B12 pura.

A vitamina B12 é essencial para as células porque auxilia o ácido fólico na formação do DNA
(ácido desoxirribonucléico) e do RNA (ácido ribonucléico), que carregam e
transmitem as informações genéticas para cada célula viva. Essas
informações dizem à célula como ela deve funcionar e precisam ser
passadas sempre que uma se dividir.

As células que se
dividem rapidamente precisam de um suprimento contínuo de vitamina B12
e ácido fólico. Essa vitamina exerce um papel importante no metabolismo
dessa substância. Ela libera o ácido fólico livre de sua forma ligada para
que possa ser absorvido e auxilia no seu transporte e armazenamento.

A carência de vitamina B12 pode gerar uma
deficiência de ácido fólico, mesmo quando o consumo alimentar dessa
substância é adequado. Isso ocorre porque a falta de qualquer uma
dessas vitaminas causa um tipo parecido de anemia.

A vitamina
B12 funciona na produção de um material chamado mielina, que reveste e
protege as fibras nervosas. Sem B12 suficiente, a camada de mielina não
se forma corretamente nem permanece saudável. Consequentemente, a
transmissão nervosa é prejudicada e as pessoas sofrem lesões
irreversíveis no nervo. É um processo lento e traiçoeiro que pode levar à morte.

A vitamina B12 é encontrada principalmente nos alimentos de origem animal, como laticínios, ovo, fígado, carne, marisco, ostra, sardinha
e salmão. Os produtos de grãos fermentados, como a carne de soja,
contêm a vitamina. Os fabricantes também acrescentam a B12 em
alguns cereais.

Alimento Quantidade Vitamina B12
Fígado (boi) 100g 70,4
Marisco, enlatado 1/2 xícara 24,7
Fígado (galinha) 100g 19,2
Ostra, crua 100g 19
Sardinha 100g 8,7
Cereal Product 19 1 xícara 6
Lingüiça de fígado 2 pedaços 4,8
Salmão, enlatado 100g 4,3
Cereal Grape-Nuts 1/2 xícara 3
Hambúrguer 85g 2,3
Atum, enlatado em água 100g 2,2
Carneiro 100g 2,1
Hadoque 100g 1,7
Bife 85g 1,6
Vitela, magra 100g 1,4
Iogurte, pobre em gordura 228g 1,4
Linguado 100g 1,2

As bactérias nos intestinos produzem um pouco desse tipo de vitamina, mas bem menos do que a quantidade necessária diariamente.

A vitamina B12 dá esperanças contra certas doenças, de asma à AIDS e Alzheimer. Descubra na próxima página como ela é usada.

A vitamina B12 é apenas uma das vitaminas que fazem parte de uma dieta saudável. Acesse os links a seguir para aprender mais: