Como funcionam os testes de gravidez

Autor: 
Elizabeth Eden, M.D.

Nas primeiras semanas depois da concepção, você pode perceber mudanças no seu corpo e em como você se sente. O atraso na menstruação geralmente é o primeiro sintoma de gravidez. Porém, muitas outras condições, desde estresse a certas doenças crônicas, podem atrasar o ciclo menstrual, então o atraso nem sempre é um sinal confiável até pelo menos duas semanas depois da data que você espera.

Por outro lado, podem aparecer manchas no seu corpo durante a gravidez, portanto a presença de algum sangramento não elimina a possibilidade de gravidez.

Nas primeiras semanas de gravidez, talvez você sinta mais fadiga que o normal. Você também pode ter náusea ou vômito, principalmente de manhã, uma ou duas semanas depois do atraso da menstruação. Seus seios podem sentir algumas pontadas ou estar mais sensíveis e até aumentar. As aréolas (áreas escuras em volta dos mamilos) podem ficar mais escuras. Se você está tendo problemas para engravidar e está medindo sua temperatura basal, essa temperatura pode ficar elevada. Mas mesmo quando uma menstruação atrasa, todos esses sinais e sintomas, se ocorrerem de uma vez, podem ter outras causas. Eles não provam que você está grávida.

Se você for ao médico quando sua menstruação estiver duas semanas atrasada, ele pode encontrar mudanças físicas que sugerem a gravidez. A vagina e o colo do útero podem estar com coloração azul-arroxeada devido ao aumento no fluxo sangüíneo. Isso é conhecido como sinal de Chadwick. O útero pode estar mais macio, maior e mais redondo.

Os testes de gravidez podem dizer às mulheres que elas estão grávidas antes de irem ao médico.
Publications International, Ltd.
Os testes de gravidez podem ser facilmente realizados em casa

Muitas mulheres sabem que estão grávidas antes de irem ao médico porque realizaram um teste de gravidez em casa. Os testes de gravidez sem prescrição médica estão disponíveis nas farmácias e custam entre R$ 20,00 e R$ 40,00. Esses testes foram desenvolvidos para detectar a presença na urina da gonadotrofina coriônica humana (Beta-hCG), um hormônio produzido pela placenta pouco depois da fertilização.

Os testes de gravidez feitos em casa disponíveis no mercado hoje variam em sensibilidade. Alguns deles podem detectar o Beta-hGC um dia depois do atraso da menstruação. Outros testes precisam de uma a duas semanas. Alguns testes podem ser realizados na urina coletada de manhã, quando a concentração de Beta-hGC é mais alta; outros podem ser realizados com a urina coletada a qualquer hora. Alguns testes reagem em um minuto; outros precisam de uma ou duas horas. Se você seguir as instruções com cuidado, os resultados são de 90 a 95% precisos.

Os testes são fáceis de realizar. Você coloca uma tira de papel na amostra da urina coletada ou urina em uma tira de papel. Os testes positivos geralmente são indicados pela formação de uma linha ou sinal de mais no papel. Agora existem até testes digitais que mostram os resultados numa janela, então não é preciso interpretar as linhas ou os sinais.

Embora esses testes sejam extremamente sensíveis e precisos, é possível receber um resultado falso positivo ou falso negativo. Se você estiver tomando remédios para aumentar a fertilidade, eles podem afetar o resultado do teste e produzir um resultado falso positivo - isto é, o resultado do teste é positivo mesmo se a mulher não estiver grávida. Porém, mais comum que o resultado falso positivo é o falso negativo - isto é, o resultado dá negativo, mas a mulher está grávida. Isso geralmente acontece quando o teste é realizado pouco depois do atraso da menstruação.

Em alguns casos, o nível de Beta-hGC é muito baixo para detectar ou o embrião ainda não foi implantado. Em aproximadamente 10% das mulheres, o embrião se implanta depois do primeiro dia da ausência da menstruação. Os baixos níveis de Beta-hGC também podem ser causados por uma gravidez ectópica (que se desenvolve fora do útero). Se o resultado do primeiro teste for negativo e sua menstruação ainda não veio, repita o teste em cinco ou dez dias. Se ainda der negativo e você acha que pode estar grávida, consulte um médico.

O médico pode fazer um teste de gravidez pela urina semelhante aos testes feitos em casa. Se o médico precisar saber se você está grávida num momento muito precoce para o teste de urina ou se ele suspeita de um resultado falso negativo, ele pode pedir um exame de sangue, que é mais sensível e específico. Como ele pode medir quantidades bem pequenas de Beta-hGC, o médico pode usá-lo para diagnosticar a gravidez antes que a menstruação atrase (sete a nove dias depois da fertilização) ou diagnosticar uma gravidez tubária (que se desenvolve em uma das trompas de Falópio). O teste leva mais tempo para ser finalizado (de duas a três horas) e é mais caro porque requer equipamento e pessoal especializados, então costuma ser feito em laboratórios de análises clínicas. Você colhe o sangue pela manhã e recebe o resultado no final do dia ou no dia seguinte. Hoje em dia, dosar a Beta-hCG no sangue é muito comum e solicitado com freqüência pelos médicos ou pela própria paciente.

Quando finalmente você souber que está grávida, a próxima pergunta será "Quando nasce meu bebê?" O parto geralmente acontece 280 dias depois do primeiro dia de atraso da última menstruação. Uma maneira mais fácil de calcular a data do parto, ou a data provável, é acrescentar nove meses e sete dias ao primeiro dia do seu último período menstrual normal. A maioria das mulheres não dá à luz na data exata, mas 80% dos partos acontecem a 10 dias dessa data - antes ou depois.

Conforme a gravidez avança, o médico pode redefinir a data prevista de acordo com certos eventos. Por exemplo, geralmente dá para ouvir o coração do bebê entre a 10ª e 12ª semanas. O nível em que a parte superior do útero está delimitada pode ser apalpada pelo médico é outra dica; na 20ª à 22ª semana, por exemplo, está geralmente no nível do umbigo. Se o médico fizer um ultra-som, o técnico pode medir a cabeça do bebê e comparar o resultado com as tabelas padrão para estimar a idade gestacional.

Descobrir que está grávida é um momento emocionante. Os próximos nove meses serão cheios de emoções para você e para sua família.

SOBRE A CONSULTORA: Dra. Elizabeth Eden, M.D., é obstetra com seu próprio consultório em Nova York. Ela atende como médica no Tisch Hospital do Centro Médico da Universidade de Nova York e também como Professora Assistente Clínica na Faculdade de Medicina da Universidade de Nova York.

Esta informação é de caráter meramente informativo. NÃO É UM CONSELHO MÉDICO. Nem os Editores do Guia do Consumidor (R), Publications International, Ltd., o autor ou a editora são responsáveis por quaisquer conseqüências por qualquer tratamento, procedimento, exercício, mudança de dieta, ação ou aplicação de medicamentos como resultado da leitura ou acompanhamento das informações presentes. A publicação dessas informações não constitui a prática da medicina e esta informação não substitui o conselho médico ou de outros profissionais de saúde. Antes de realizar qualquer tratamento, o leitor deve procurar conselho médico ou de outro profissional de saúde.