O que acontece na pele quando você sente uma coceira?

O corpo humano é coberto por cerca de dois metros quadrados de pele. A pele é o único órgão constantemente exposto a irritações pelo contato com objetos e substâncias. As coceiras mais sérias podem ser causadas por alergias, doenças, infecções ou problemas emocionais. Neste artigo, vamos saber o que pode causar as coceiras.

A coceira, também conhecida como prurido, começa com algum tipo de estímulo externo, que pode ser originado por insetos, pó, fiapos de tecido e pêlos. Assim como a sensação de cócegas, a coceira é um mecanismo interno de defesa.

Quando se dá o estímulo na pele, ele pode não incomodar a princípio, mas logo vai começar a coçar. Logo que o fio de cabelo ou o pó encostar na sua pele, receptores na derme ficarão irritados. Em frações de segundo, esses receptores enviam pelas fibras da pele um sinal para a medula espinhal e depois para o córtex cerebral.

As mesmas fibras que enviam os sinais de coceira também são usadas para enviar sinais de dor para o cérebro, o que levou alguns cientistas a acreditar que a coceira era uma forma de dor leve. Essa idéia foi depois descartada devido a pesquisas que mostraram que a dor e a coceira produziam reações opostas. A dor desestimula o desejo de encostar no seu foco, enquanto a coceira nos dá vontade de arranhar e coçar a pele.

Assim que sentimos uma coceira, nossa reação natural é arranhar o local. O motivo para essa reação é simples: queremos nos livrar da irritação o mais rápido possível. Ao arranhar a área da irritação, sente-se alívio. Quando o cérebro percebe que o local foi arranhado, afastando o agente irritante, o sinal enviado para o cérebro de que você tem uma coceira é interrompido, deixando de ser reconhecido.

Mesmo que você não remova o agente irritante, o ato de arranhar vai causar uma pequena dor e desviar a atenção da coceira. O agente irritante que causou a coceira é muito pequeno (talvez tenha apenas alguns mícrons), afetando apenas algumas terminações nervosas. Quando você arranha o local onde se encontra o agente irritante, não apenas o remove como também irrita outras terminações nervosas além daquelas que já foram irritadas.

Aqui estão alguns links interessantes: