Por que temos dores de cabeça?

As dores de cabeça são uma das queixas médicas mais comuns. Quase todas as pessoas têm dor de cabeça em algum momento da vida. Mais de 45 milhões de americanos (cerca de um em seis) sofrem de dor de cabeça crônica a cada ano. No Brasil, estima-se que 26 milhões de pessoas sofram do mal [fonte: Revista Veja]. Portanto, as dores de cabeça têm um grande impacto econômico: quando você tem uma dor forte na sua cabeça, é difícil trabalhar. O custo destas dores de cabeça no absenteísmo e as despesas médicas são estimados em torno de US$ 50 bilhões por ano.

man with headache
George Doyle/Getty Images
A maioria das dores de cabeça pode ser tratada com medicamentos sem receita

A dor de cabeça é uma dor sentida nos nervos e músculos da cabeça e pescoço, bem como nas meninges (a membrana que cobre o cérebro e a medula espinhal). Seu cérebro não pode sentir dor, portanto uma dor de cabeça não tem nada a ver com dano no cérebro. É, na verdade, uma dor em algum lugar perto do seu cérebro, sendo assimilada pelos terminais nervosos localizados na sua cabeça.

Há duas razões principais para as pessoas terem dores de cabeça, e os médicos então classificam as dores de cabeça em duas grandes categorias, primária e secundária.

  1. As dores de cabeça primárias não estão associadas a nenhuma condição médica subjacente.
  2. As dores de cabeça secundárias estão associadas a doenças como infecções, febre, lesão na cabeça, hipoglicemia, tumores, problemas dentários, ou pressão elevada no crânio e/ou nos seios da face.

Há três causas principais para as dores de cabeça primárias.

  • Enxaqueca: as dores de cabeça da enxaqueca são causadas por um processo inflamatório do nervo trigêmeo que dilata os pequenos vasos de várias áreas do córtex cerebral.
    • Os sintomas de enxaqueca incluem a sensibilidade à luz e ao barulho, náuseas, vômitos e dor latejante intensa que é, geralmente, em um só lado da cabeça.
    • Um neurotransmissor, a serotonina, está relacionado com as enxaquecas porque muitas das drogas usadas para tratar as enxaquecas alteram a ligação da serotonina a vários receptores.

  • Tensão: as dores de cabeça do tipo tensional podem ser causadas por tensões musculares na cabeça e no pescoço e/ou por estresse emocional.
      • As dores de cabeça por tensão são geralmente menos intensas  atingindo os dois lados da cabeça. Algumas vezes há uma sobreposição do quadro clínico da cefaléia porque muitas pessoas têm mais de um tipo de dor.

  • Dor de cabeça em salvas: a dor de cabeça em salvas é aquela que ocorre repetidamente sempre em uma mesma época do ano.
    • A dor de cabeça em salvas normalmente acontece em um lado da cabeça e se concentra em volta do olho.
    • As causas da dor de cabeça em salvas são desconhecidas, mas podem estar relacionadas a mudanças no fluxo sangüíneo porque substâncias que afetam este fluxo, tais como o álcool, podem desencadear as dores de cabeça em salvas.

As dores de cabeça primárias podem também ser causadas por excesso de fluxo sangüíneo. Por exemplo, se você leu Como funciona a cafeína, você sabe que a cafeína reduz o fluxo de sangue no cérebro. Alguns medicamentos que aliviam a dor contêm cafeína para tirar proveito deste efeito. Se você toma cafeína todos os dias e parar, você poderá ter uma terrível dor de cabeça pelo aumento do fluxo sangüíneo em seu cérebro.

As dores de cabeça secundárias resultam de outros problemas em seu corpo. Por exemplo, Como funcionam os vírus fala sobre por que você tem dor de cabeça (e outras dores) quando está gripado. Uma vez que você elimine a doença, elimina também as dores de cabeça secundárias a ela.

A maioria das dores de cabeça podem ser tratadas com medicamentos não controlados tais como aspirina, acetaminofen, ibuprofen e outros antiinflamatórios não-esteróides. Como mencionado acima, as enxaquecas têm sido combatidas com medicamentos que agem em receptores para serotonina, tais como o sumatriptan. As dores de cabeça em salvas têm sido tratadas com sumatriptan e corticosteóides.

Se você sentir dor de cabeça freqüente ou crônica, visite seu médico - isso pode ser sintoma de uma doença específica.

Artigos relacionados

Mais links interessantes (em inglês)