O lado negro da nicotina

Autor: 
Ann Meeker-O'Connell

Alguns dos efeitos da nicotina têm estimulado estudos para descobrir se ela pode ser útil como terapia para certos problemas. Algumas doenças em que a nicotina pode ajudar incluem:

  • Mal de Alzheimer - os primeiros neurônios perdidos no mal de Alzheimer são neurônios colinérgicos de uma região específica do cérebro. A nicotina pode melhorar o funcionamento dos neurônios restantes e diminuir a progressão dos sintomas.
  • Síndrome de Tourette - essa doença produz tiques, movimentos incontroláveis da cabeça, mãos e outras partes do corpo e desejos violentos em seus portadores. Os adesivos de nicotina que fornecem nicotina vagarosamente através da pele podem reduzir os sintomas de pessoas com essa síndrome.

Mas, para pessoas comuns, os problemas de saúde associados ao uso de produtos com nicotina são muito maiores do que os benefícios. Entre esses problemas estão:

  • câncer
  • enfisema
  • doenças cardíacas
  • derrame

Muitas delas são causadas, na verdade, por outros produtos químicos presentes na fumaça do cigarro ou em outros produtos que contêm tabaco. O maior problema com a nicotina é o quão facilmente ela deixa você dependente de fumar ou mastigar tabaco.