Anatomia da língua

Autor: 
Sarah Dowdey

A língua é capaz de movimentar-se em praticamente qualquer direção, esticar-se, contrair-se e apresentar um excelente grau de articulação. Tal controle muscular nos permite manipular os alimentos e falar. A capacidade do órgão de tomar uma série de formas vem de sua composição de músculo esquelético intercalado com gordura.

Stephen Taylor, que detém o recorde mundial no Guinness World Record, exibe sua língua de 9,5cm de comprimento.
Bruno Vincent/Getty Images
Stephen Taylor, que detém o recorde mundial no Guinness World Record, exibe sua língua de 9,5 cm de comprimento

A língua e seus músculos são simétricos lateralmente: um septo mediano divide o órgão em duas metades. A língua é formada de dois tipos de músculos: extrínseco e intrínseco. Os músculos extrínsecos originam-se de outra parte do corpo e ligam-se à língua. Unem-se aos ossos ao redor e ajudam o órgão a mover-se para cima e para baixo, de um lado a outro e para dentro e para fora. Os músculos extrínsecos da língua terminam no "glosso", que significa "língua". O músculo genioglosso abaixa a língua e a coloca para fora. O estiloglosso levanta a língua e a puxa para dentro. O palatoglosso levanta sua parte posterior. E o hioglosso abaixa as laterais da língua.

Apesar do ótimo grau de articulação da língua, os músculos extrínsecos também a mantêm bem presa no lugar. Os músculos prendem-se à mandíbula, ou osso maxilar, ao osso hióide, a uma estrutura em forma de U que apóia a língua e aos processos estilóides dos lobos temporais. Os processos estilóides suspendem o osso hióide com os músculos e os ligamentos, tornando-o o único osso que não fica em contato com outro.

Ao contrário dos músculos extrínsecos, os músculos intrínsecos originam-se dentro da língua. Eles permitem que ela se estenda e contraia, mudando sua forma e tamanho. Os músculos intrínsecos da língua, que incluem o longitudinal superior, o longitudinal inferior, o transverso e o vertical, são especialmente importantes para a fala e para a deglutição do alimento.

A membrana mucosa cobre a massa de músculos e gordura da língua. A membrana de duas camadas ajuda a impedir a entrada de micróbios e patógenos no sistema digestivo e em outras cavidades do corpo que ficam em contato com a parte externa. A camada epitelial da membrana mucosa secreta o muco que ajuda a umedecer a boca e o alimento.

Recorde

Se o frênulo da língua mantém a língua bem presa no assoalho da boca, o fato de haver algumas pessoas que conseguem esticar a língua quase 10 cm a partir dos lábios pode ser um choque. Stephen Taylor, do Reino Unido (em inglês), mantém o recorde mundial no Guinness World Record com a língua mais comprida. Sua língua, semelhante ao tentáculo de um polvo, estica 9,5 cm a partir dos lábios [fonte: Guinness World Records (em inglês)].

A língua também é um órgão importante para a percepção do paladar. Na próxima seção, aprenderemos sobre o papel da língua no paladar.