Insulina e diabetes

Autor: 
Dr. Dana Armstrong and Dr. Allen Bennett King

Por mais que seja desagradável aplicar em si mesmo uma injeção, isso não se compara às complicações devastadoras a longo prazo que a diabetes descontrolada pode causar.

Basta mencionar a palavra insulina que praticamente qualquer pessoa terá uma história para contar, geralmente sem um final feliz. "Minha tia Grace começou a usar insulina e logo depois ficou cega." "Eu conheço esse menino, ele toma insulina e está sempre doente." "Uma amiga começou a tomar insulina e engordou 20kg no ano passado." Além de histórias pessoais como essas, profissionais da área da saúde são conhecidos por ameaçarem seus pacientes com a insulina como uma ferramenta motivacional. Dizem ao paciente "Se você não colaborar, tomar as pílulas, seguir rigorosamente a dieta e fazer exercícios regularmente, terei que colocá-lo na insulina" ou "Se não conseguir fazer isso, a única opção que restará será tentar a insulina."

Por esses motivos, e pelo simples fato de que pouquíssimos de nós gostamos da idéia de enfiar uma agulha na pele, a insulina sempre foi vista como o final da linha, em que não há mais esperança. Isso definitivamente não é verdade. Para compreender a necessidade de insulina, lembre-se da natureza progressiva e crônica da diabetes. Você precisa se lembrar de que o inimigo não é a insulina, mas os níveis descontrolados de glicose e precisa ficar de olho na principal meta: uma vida sem complicações de diabetes.

As injeções de insulina foram a solução para controlar a diabetes.
2006 Publications International, Ltd.
As injeções de insulina, embora desagradáveis, tiveram
um papel importante no controle da diabetes

A diabetes é uma doença crônica em que os níveis sangüíneos de glicose (açúcar) estão aumentados. Você pode começar o tratamento com mudanças na dieta e aumento da atividade física; então, precisará tomar uma pílula; depois, duas pílulas; em seguida, um punhado de pílulas; e finalmente, um punhado de pílulas e insulina, tudo para manter seus níveis de glicose dentro do normal. Devido à natureza progressiva da diabetes, se você viver bastante tempo, precisará de insulina. Alguns precisam mais cedo que outros, e talvez você precisasse viver até os 137 até que necessitasse de insulina. Mas com base no que sabemos sobre a diabetes atualmente, e sobre os tratamentos que temos disponíveis hoje em dia, no fim, você precisaria de insulina.

As pessoas geralmente dizem que fariam qualquer coisa para deixar a diabetes sob controle; qualquer coisa, menos injeção de insulina. A insulina é vista por muitos portadores de diabetes como um sinal de fracasso completo: eles perderam o controle da diabetes e não há mais esperança. Agora, eles têm o tipo de diabetes "ruim".

Na realidade, existem somente dois tipos de diabetes: o tipo que está sob controle e o tipo que não está, e você quer fazer parte do grupo controlado e sem complicação. O que você precisa fazer para manter seu nível de glicose sob controle de maneira alguma indica fracasso ou sucesso, bom ou ruim, sério ou não. Toda diabetes é séria, independentemente do tipo que você tem. Empenhe-se em fazer o que for necessário para se manter saudável. Níveis elevados de glicose resultam em complicações, e se você precisar injetar insulina para prevenir essas complicações, faça!

Esse artigo dirá tudo o que você precisa saber sobre a insulina, desde sua história como uma opção de tratamento para a diabetes até as várias maneiras como é usada atualmente. A próxima seção fornece algumas histórias necessárias sobre a insulina.