Como funciona a gripe

Autor: 
Stephanie Watson


Foto cortesia do CDC
O vírus da gripe

Todo inverno, como um relógio, a gripe retorna. Ela contagia boa parte da população mundial - cerca de 600 milhões de pessoas por ano. No mundo todo, a gripe mata quase meio milhão de pessoas anualmente.

A gripe causa tosse, espirros e dores no corpo que podem durar de dias a semanas. Grande parte das pessoas acha que a gripe é um assunto sem importância, mas ela pode ser uma doença muito perigosa. 

No Brasil há campanhas de vacinação contra a gripe voltadas principalmente aos idosos.  Segundo o Ministério da Saúde recebem a vacina 84% dos idosos. Também os povos indígenas, os trabalhadores da área de saúde e a população carcerária são alvo de campanhas de vacinação. 

Neste artigo, vamos descobrir como as pessoas contraem a gripe, quais são os sintomas e como se proteger.

A falta de vacinas em 2004
Em 2004, a empresa Britânica Chiron (em inglês) anunciou que sua vacina contra gripe (Fluvirinandreg), não estaria disponível - cerca de 46 milhões de doses - para a estação de gripe de 2004/2005. Sem as vacinas da Chiron, o fornecimento de vacinas contra a gripe nos EUA foi cortado pela metade. No início de outubro de 2004, 30 milhões de doses dos 54 milhões que ainda estavam disponíveis, já tinham sido entregues. Filas para tomar a vacina da gripe se extendiam pelos quarteirões de supermercados e postos de saúde. Para preservar as vacinas que ainda sobravam para aqueles que mais necessitavam, o Centros para Prevenção e Controle de Doenças ou CDC (Centers for Disease Control and Prevention - em inglês) pediu que apenas as pessoas nos grupos de alto risco fossem vacinadas.

O resto do mundo não registrou a falta de vacinas, principalmente porque muitos países na Ásia e Europa produzem seus próprios estoques e porque os outros países têm políticas diferentes a respeito da administração de vacinas contra a gripe.

 

 

Vacina contra gripe na gravidez eleva imunidade do bebê.