Gravidez: a hora do parto

Autor: 
Stephanie Watson

Nos filmes, mulheres grávidas sempre têm uma dramática secreção de líquidos quando a bolsa estoura. Mas na verdade, pouquíssimas mulheres verão sua bolsa "estourar", ou seja, o rompimento do saco amniótico. Geralmente é a enfermeira obstétrica que rompe o saco amniótico depois do parto já ter começado.

Os sinais do parto incluem:

  • contrações que aumentam de freqüência, duração e intensidade
  • dor incessante na parte inferior das costas
  • dilatação cervical (abertura), revelada durante um exame da pelve

A mãe tem muitas opções para dar à luz. Ela pode ter o bebê em um hospital, com a ajuda de um obstetra, ou em casa, com a ajuda de uma parteira. Os médicos recomendam que mulheres com gravidez de alto risco dêem à luz em um hospital, já que as instalações são mais bem equipadas para cuidar de possíveis emergências.

O processo de parto típico consiste em vários estágios.

Durante o início do parto, a mãe vai sentir as primeiras contrações. O colo do útero vai afinar gradativamente como uma forma de preparação para o parto. As contrações vão ficar mais freqüentes e doloridas. Para muitas mulheres, o estágio inicial do parto pode durar horas, e nem sempre isto significa que é preciso sair correndo para o hospital.

As contrações ficam mais freqüentes durante o parto ativo, também mais dolorosas. Às vezes tanto que a mãe não consegue nem falar. Se durante 1 hora as contrações começam a vir a cada cinco minutos, a mãe deve ligar para o médico e se preparar para ir ao hospital. O colo do útero da mãe continua o processo de maturação, alargando de 3 cm para 10 cm antes que o parto possa começar. Assim que chega ao hospital e a dilatação já é suficiente, a mãe pode tomar algum medicamento para as dores. Opções para aliviar a dor incluem analgesia epidural (anestesia injetada diretamente na medula espinhal da mulher, bloqueando as sensações na parte inferior do corpo) e intravenosa.

No estágio de transição, o colo do útero atinge dilatação completa e as contrações ficam mais fortes e freqüentes. Elas podem vir a cada três minutos e durar até um minuto cada uma. O bebê também está descendo para o canal de parto e se preparando para o parto. Conforme ele desce, a mãe pode sentir uma pressão (como se tivesse que evacuar) e um desejo de empurrar. Este estágio pode durar de alguns minutos a algumas horas. O parto costuma ser mais devagar para as mamães de primeira viagem.

bebê posicionado para o parto
©2008 HowStuffWorks