Tratamento da diabetes

Autor: 
Timothy Gower

O tipo de diabetes que você tem afetará o tratamento que recebe, mas ambas as formas de diabetes - tipo 1 e tipo 2 - requerem um plano de tratamento que mantenha os níveis de glicose no sangue regulares. Uma vez que os níveis de açúcar no sangue estejam sob controle com injeções de insulina, dieta ou medicamentos, uma pessoa com diabetes geralmente pode levar uma vida relativamente normal.

O seu tratamento de diabetes pode levar a uma ordem vertiginosa de medicamentos e mudanças no estilo de vida, que pode parecer esmagadora a princípio.
2007 Publications International, Ltda.

O seu tratamento de diabetes pode
levar a uma ordem vertiginosa de medicamentos
e mudanças no estilo
de vida, que
pode parecer esmagadora a princípio


Tratamento da diabetes tipo 1

A diabetes tipo 1 requer injeções de insulina para manter regulares os níveis de açúcar no sangue ao longo do dia. Se a concentração de glicose no sangue sobe, o desequilíbrio pode ser sinalizado por fraqueza, fadiga e sede. Esses sintomas podem significar que mais insulina é necessária. Entretanto, se a concentração de glicose no sangue cai muito, uma reação à insulina se instala, causando tontura, fome, fadiga, dor de cabeça, suores, tremores, e (nos casos severos) inconsciência. Um remédio rápido para esse problema é dar a pessoa um açúcar simples, do tipo encontrado em suco de laranja e alguns tipos de balas. Isso só deve ser feito se a pessoa estiver consciente e alerta, entretanto; nada deve ser dado por via oral à uma pessoa inconsciente ou semi-consciente, por causa do risco de choque.

De preferência, o médico pode prevenir essas oscilações nos níveis de açúcar coordenando o tipo e hora das injeções de insulina com o conteúdo da refeição e entrada de energia. Uma dieta especial é importante para equilibrar as injeções diárias de insulina. Crianças pequenas com diabetes, em particular, precisam de calorias suficientes para crescerem e se desenvolverem normalmente. As necessidades de insulina para pessoas com diabetes tipo 1 diferem muito. Alguns pacientes podem manter os níveis de açúcar no sangue equilibrados com uma injeção de insulina antes do café da manhã. Outros pacientes podem precisar de várias injeções de insulina por dia. As necessidades de insulina podem mudar a medida que o paciente envelhece, passa por cirurgia, engravida, ou desenvolve doenças não relacionadas.

Tratamento da diabetes tipo 2

Muitas pessoas com diabetes tipo 2 podem controlar suas condições com dieta adequada; algumas requerem injeções de insulina. Às vezes, drogas antidiabéticas orais, que trabalham estimulando o pâncreas a produzir mais insulina ou estimulando os receptores de insulina, podem ser receitadas.

Atenção especial à dieta é crítica para o controle da diabetes tipo 2. Indivíduos acima do peso precisam perder peso. Portanto, a ênfase é no consumo de refeições balanceadas que manterão o peso recomendado. As gorduras precisam ser eliminadas para reduzir a suscetibilidade à arterioesclerose, e a dieta deve ser pobre em açúcares simples. A dieta deve incluir muita fibra não digerível, encontrada em frutas, legumes e grãos integrais; já ficou evidenciado que fibra na dieta pode reduzir ou retardar a absorção de açúcar no trato digestivo. Um médico pode fornecer um plano de dieta aprovado, com flexibilidade suficiente para permitir ao paciente diabético compartilhar das refeições regulares da família atendendo, ao mesmo tempo, às suas necessidades especiais de dieta.

Com qualquer tipo de diabetes o acompanhamento é importante para planejar a dieta, determinar mudanças nas doses de insulina ou drogas, e monitorar os níveis de açúcar no sangue. Foi constatado que há imprecisão ao testar o açúcar na urina, e a disponibilidade de monitorar a glicose no sangue em casa substituiu o teste de açúcar na urina para a maioria dos pacientes diabéticos. Para indivíduos com diabetes tipo 1, entretanto, o teste de cetonas na urina continua importante.

Nos últimos anos ficou evidenciado que o controle meticuloso dos níveis de açúcar no sangue pode retardar ou prevenir muitas das complicações da diabetes mellitus, como a cegueira e a insuficiência renal. Portanto, seguir estritamente o regime indicado pelo médico é da maior importância.

Claro, nós apenas falamos superficialmente das muitas etapas que um paciente diabético terá que adotar para controlar seu açúcar no sangue e evitar as muitas complicações sérias da diabetes. Para aprender mais sobre o tratamento da diabetes, escolha o tipo de tratamento de diabetes que é específico para você:

Tratamento da diabetes tipo 1 (em inglês)
Se você tem diabetes tipo 1, o seu corpo não está mais produzindo a insulina que precisa para funcionar adequadamente. Isso significa que cabe a você, o paciente, suprir essa insulina. Claro, enquanto você estiver decidindo que tipo de insulina usar, você terá que prestar atenção à sua dieta e níveis de açúcar no sangue. Nessa página você encontrará a informação que precisa para administrar a sua diabetes tipo 1.

Tratamento da diabetes tipo 2 (em inglês)
Todos os médicos dizem para comer corretamente e praticar exercícios. De fato, nós ouvimos tanto isso que não prestamos atenção. Então, se você tem diabetes tipo 2 é melhor você ouvir, porque dieta e exercícios são a base do controle do seu açúcar no sangue. Nessa página você encontrará dicas de dieta e exercícios, assim como análise detalhada de medicamentos para diabetes tipo 2.

Tratamento da diabetes gestacional
O tratamento da diabetes gestacional é muito similar ao dos outros tipos de diabetes, mas com a complicação adicional de que a paciente está com sete meses de gravidez. Naturalmente, algumas precauções extras de segurança precisam ser tomadas. Aprenda mais nessa página.

Para aprender mais sobre diabetes em geral - incluindo diagnóstico, causas, sintomas, e tratamento - visite a nossa página principal Diabetes.


Sugestões de dieta para diabéticos


Um dos aspectos mais importantes do tratamento e controle da diabetes é a monitoração do alimento que você consome. Entretanto, pode haver mais flexibilidade do que você pensa. Para aprender mais sobre nutrição adequada e diabetes, visite os seguintes links:

  • a nossa página principal Dieta para diabéticos mostrará a você que grupos de alimentos são adequados aos diabéticos e quais você deve evitar;
  • visite a nossa página Receitas para diabéticos (em inglês) para encontrar refeições simples e deliciosas que você pode preparar e que não farão o seu açúcar no sangue sair do controle.

Esses dados são apenas informativos. ELES NÃO TÊM O OBJETIVO DE PROPORCIONAR ORIENTAÇÃO MÉDICA. Nem os editores de Consumer Guide (R), Publications International, Ltda., nem o autor e nem a editora se responsabilizam por quaisquer conseqüências possíveis oriundas de qualquer tratamento, procedimento, exercício, modificação alimentar, ação ou aplicação de medicação resultante da leitura ou aplicação das informações aqui contidas. A publicação dessas informações não constitui prática de medicina, e elas não substituem a orientação de seu médico ou de outros profissionais da área médica. Antes de se submeter a qualquer tratamento, o leitor deve procurar atendimento médico ou de outro profissional da área da saúde.