Diabetes tipo 1

Autor: 
Dr. Dana Armstrong and Dr. Allen Bennett King

O diabetes tipo 1 afeta cerca de 5% de todos os diabéticos. É conhecido também como diabetes juvenil ou diabetes insulino-dependente, pois o índice de diagnósticos do diabetes tipo 1 em crianças entre 10 e 14 anos é maior. Entretanto, pessoas de qualquer faixa etária podem desenvolver o diabetes tipo 1. Também é conhecido como diabetes insulino-dependente, porque a medicação oral é ineficaz para tratar os níveis elevados de glicose no sangue; são necessárias injeções de insulina para controlar a glicemia nesses indivíduos. Como será explicado a seguir, um número reduzido de pessoas que se encontram nos estágios iniciais de diabetes tipo 1 podem não necessitar de insulina imediatamente, embora eventualmente isso ocorrerá.

O que é diabetes tipo 1?

O diabetes tipo 1 é muitas vezes chamado de diabetes insulino-dependente pois o paciente não consegue mais produzir insulina,.
2007 Publications International, Ltd.
O diabetes tipo 1 é muitas vezes chamado de diabetes insulino-dependente pois o
paciente não consegue mais produzir
insulina, e precisa recorrer
à insulina injetável

O diabetes tipo 1 é uma doença na qual os leucócitos se tornam "confusos". Normalmente, os leucócitos são responsáveis por detectar corpos estranhos no sangue e combatê-los com anticorpos. No diabetes tipo 1, os leucócitos agem como se as células beta do pâncreas fossem corpos estranhos. Resultando em uma inflamação e por isso os anticorpos atacam as células beta. A destruição de células beta pode ocorrer de forma bem rápida, ou lenta durante um longo período. Quando uma quantidade suficiente de células beta tiver sido destruída, ocorrerá falta de insulina e os níveis de glicemia tenderão a se elevar.

Se você tiver diabetes tipo 1, provavelmente precisará utilizar insulina para controlar seus níveis de glicemia. Ocasionalmente, nos estágios precoces do diabetes tipo 1, o indivíduo poderá ainda ter algumas ilhotas de Langerhans, que secretam uma quantidade de insulina suficiente, tornando desnecessária a insulina injetável. A medicação oral ou as alterações na dieta, nas atividades físicas e no estilo de vida podem ser suficientes para controlar a glicemia. Assim mesmo, em virtude da presença do diabetes tipo 1, os leucócitos continuarão a atacar as ilhotas de langerhans, e as células beta remanescentes acabarão sendo destruídas. Portanto, com o passar do tempo, as injeções de insulina tornar-se-ão necessárias.

O sistema Hiperdia do Ministério da Saúde cadastrou entre 1999 e 2004 154.994 diabéticos tipo 1, com 31,4% de mulheres e 68,6% de homens. Esses dados provavelmente subestimam o número real de diabéticos tipo 1 no Brasil. Estudo realizado em Passo Fundo (RS) e publicado em 1998 estimou em 12/100.000 habitantes, muito próxima da encontrada em outros países.

Como você deve saber, este é apenas um esclarecimento superficial de uma enfermidade altamente complexa. Para aprender mais sobre o diabetes tipo 1, pesquise os seguintes tópicos:


Neste artigo, você aprenderá mais sobre a disfunção que causa o diabetes tipo 1 e sobre a importância da insulina no corpo.

Sintomas da diabetes
A maior parte dos pacientes com diabetes tipo 1 tem conhecimento de sua condição há algum tempo - a maioria deles é diagnosticada antes dos 20 anos de idade. Os sintomas principais com os quais um diabético tipo 1 deve se preocupar são as inúmeras complicações graves da doença. Nesta página, você poderá aprender sobre essas complicações e como evitá-las.

Diagnóstico do diabetes tipo 1
Aqui você aprenderá sobre os diversos exames que seu médico solicitará para confirmar o diagnóstico do diabetes tipo 1 e o que você, como paciente, deverá fazer para se preparar para eles.

Tratamento do diabetes tipo 1 (em inglês)
O tratamento do diabetes tipo 1 concentra-se no uso da insulina e nas diversas formas como ela é introduzida no corpo. Nesta página, você aprenderá a respeito dos diversos tipos de insulina e os métodos de injetá-la.

Para aprender mais sobre o diabetes em geral, inclusive diagnóstico, causas, sintomas e tratamento, visite a página sobre Diabetes. Causas do diabetes tipo 1

Sugestões de dieta para diabéticos

Um dos aspectos mais importantes do controle e tratamento do diabetes é o monitoramento dos alimentos ingeridos. Entretanto, poderá haver maior flexibilidade do que se imagina. Para aprender mais sobre uma nutrição adequada e o diabetes, acesse o seguinte link:
  • a página sobre dieta para diabéticos mostrará os grupos de alimentos adequados para os diabéticos e aqueles que deverão ser evitados.

Referências

1. Rodrigues AC, Goldbaum T, Nery M. Diabetes mellitus tipo 1. In: Benseñor IM et al: Medicina em Ambulatório – Diagnóstico e Tratamento. Editora Sarvier, 1ª edição, 2005 São Paulo. p. 401.
2. Lisboa HR, Graebin R, Butzke L, Rodrigues CS. INcidence of diabetes type 1 in Passo Fundo, RS, Brazil. Braz J Med Biol Res 1998: 31(12): 1553-6.

Estas orientações têm apenas a finalidade de informar. NÃO TÊM A INTENÇÃO DE FORNECER CONSELHOS MÉDICOS. Os Editores do Consumer Guide (R), Publications International, Ltd., o autor ou o editor não se responsabilizam por qualquer conseqüência devido a tratamento, procedimento, exercício, modificação na dieta, ação ou aplicação de medicamentos que sejam resultados das leituras das informações aqui contidas. A publicação destas informações não constituem a prática da medicina e não substituem o conselho do seu médico ou outro profissional de saúde. Antes de iniciar qualquer tratamento, o leitor deve consultar um médico.