Como tratar problemas das unhas das mãos

As unhas de suas mãos são muito úteis, mas o uso ou o uso impróprio podem causar problemas que variam de infecções fúngicas sérias a unhas quebradiças. Neste artigo, vamos falar sobre os problemas relacionados à saúde das unhas das mãos, além de dar algumas dicas sobre o que pode ser feito em casa para o cuidado e manutenção das unhas.

As unhas das mãos crescem mais no verão e durante a gravidez
© Valua Vitaly / iStockphoto
As unhas das mãos crescem mais no verão e durante a gravidez

 

Suas unhas são feitas de queratina, o mesmo tipo de proteína que há em seu cabelo. Cada unha consiste de várias partes e cada uma delas tem um papel importante na saúde e crescimento da unha.

  • Lâmina ungueal - é essa camada que enxergamos como a unha.
  • Leito ungueal - é essa camada que fica sob a lâmina e as duas são conectadas. Os vasos capilares no leito nutrem a unha e lhe dão sua cor rosada.
  • Matriz - apesar de você não ver a maior parte dela é a mais importante. Fica sob a cutícula, na base da unha. São as células da matriz que produzem a unha. Se a matriz for danificada, a unha será distorcida ou pode até parar de crescer por completo.
  • Lúnula - essa é a parte da matriz que você consegue ver. É a porção com formato de meia lua na base da sua unha.
  • Cutícula - essa dobra de pele feita de células mortas mantém substâncias estranhas, tais como bactérias causadoras de infecção.
  • Dobra da unha - é a elevação da pele ao redor da unha.

Apesar dos vários problemas relacionados a unha, uma das reclamações mais comuns ouvidas por dermatologistas é que elas estão quebradiças. As unhas dos dedos das mãos tornam-se quebradiças porque estão secas demais, o que faz com que fiquem rígidas e se quebrem com facilidade, ou porque estão úmidas demais, o que as deixam macias com tendência a se partir. Por essa razão, os médicos tratam unhas quebradiças da mesma maneira que tratam problemas de pele. Por exemplo já que as unhas podem se tornar muito secas e se dividir na ponta se forem expostas ao calor seco, detergentes ou removedores de esmalte em excesso, um conselho é óbvio: evite químicas fortes e outras coisas que podem deixá-la seca. E lembre-se de usar hidratantes, mas não exagere, unhas ficam moles e quebradiças quando expostas a loções e hidratantes em excesso. As unhas podem estar extremamente moles logo após terem passado muito tempo debaixo de água ou podem ficar secas de tanto molhá-las e secá-las.

Fatos sobre as unhas
Suas unhas crescem cerca de 3 mm por mês.

As unhas das mãos crescem com mais rapidez que as unhas dos pés.

As unhas dos dedos mais longos crescem mais rapidamente.

Se você é destro, as unhas da mão direita crescem mais rápido que as da mão esquerda. E o oposto é válido para os canhotos.

Suas unhas das mãos também irão crescer mais rapidamente durante o verão, durante a gravidez e quando estão se recuperando de um ferimento.

O trauma, termo utilizado por médicos para ferimentos, é outro grande problema para as unhas. Aqui está o exemplo clássico: bater na unha com um martelo. Se um ferimento se formar abaixo da unha, o médico terá de aliviar a pressão que está sendo criada.

Além disso, os ferimentos também abrem espaço para infecções, especialmente as fúngicas. No entanto, isso costuma atingir mais as unhas dos pés do que as das mãos, pela mesma razão que o pé de atleta se desenvolve; o ambiente quente e úmido de sapatos. Infecções fúngicas podem atacar as unhas das mãos e trazer conseqüências bem desagradáveis. A infecção pode deixar a lâmina ungueal esbranquiçada, amarelada, amarronzada ou até mesmo esverdeada, além de deixar a dobra da unha vermelha e irritada. Se você perceber uma infecção da unha, converse com seu médico.

E finalmente, certas doenças da pele, tais como psoríase, podem aparecer também nas suas unhas.

A separação da lâmina e do leito, um problema chamado onicolise, pode ocorrer após um ferimento, infecção, reação alérgica a cosméticos ou exposição a produtos químicos ou como resultado de uma doença como a psoríase. Se a unha parecer esbranquiçada, ela pode ter sido partida. Neste caso, consulte um médico e tome cuidado para não agravar o problema. Infelizmente, uma vez que a unha se separa ela não se liga novamente, então é necessário esperar que uma nova cresça.

Também é necessário cuidar muito bem da matriz da unha. Se ela estiver danificada, começará a produzir uma unha deformada ou, ainda pior, não produzirá unha.

Na próxima edição, vamos rever algumas dicas sobre como superar os problemas com as unhas da mão.

Esse artigo tem apenas fins de informação e NÃO DEVE SER LEVADO EM CONSIDERAÇÃO COMO CONSELHOS MÉDICOS. Os Editores do Consumer Guide (R), Publications International, Ltd., o autor ou a editora não assumem responsabilidade por quaisquer conseqüências decorrentes de qualquer tratamento, procedimento, exercícios, alterações de dieta, ação ou aplicação de medicamentos utilizados após ler ou seguir as informações contidas neste artigo. A publicação destas informações não constitui a prática de medicina, e essas informações não substituem o conselho de seu médico ou outro profissional da saúde. Antes de se submeter a qualquer tratamento, o leitor deve procurar o aconselhamento de seu médico ou outro profissional da saúde responsável.