Como fazer uma massagem nos pés

Autor: 
Michael King, DPM

A massagem geralmente é citada como um remédio para muitos tipos de dores nos pés - de câibras repentinas a dores contínuas devido à gravidez. Mas aqui vai um segredinho: você pode - e deve - massagear os pés mesmo quando não estiverem doloridos. Por isso, qualquer pessoa deve saber como fazer uma massagem nos pés!

Uma razão, evidentemente, é que ela é muito agradável. Mas a massagem também deixa seus pés mais saudáveis. Ela exercita os músculos e estimula o fluxo sangüíneo. É um excelente remédio preventivo: quanto mais fortes e flexíveis forem os músculos dos seus pés, menores são as chances de eles ficarem cansados ou sofrerem uma lesão quando usá-los para andar ou praticar algum esporte.

E a massagem é uma importante ferramenta de recuperação para aqueles que recentemente fizeram uma cirurgia no pé: levando mais sangue aos pés, a massagem ajuda a acelerar a regeneração do tecido e a curar os músculos lesados.

Sem dúvida, a massagem nos pés fica mais agradável se tiver alguém que a faça em você. Mas isso nem sempre é possível. Felizmente, nessa seção, você aprenderá a ser um mestre em massagem.

Antes da massagem, relaxe os músculos dos pés aquecendo-os. Você pode fazer isso simplesmente com uma compressa quente. Ou, se preferir, deixar os pés de molho em água morna e epsomita (cerca de 15 minutos). Uma terceira opção: mantenha os pés embaixo da água corrente por dez minutos, aumentando gradualmente (cuidado para não deixar a água muito quente) e, em seguida, diminuindo sua temperatura.

Agora, você está pronto para começar a massagem. Apóie um pé sobre o joelho da outra perna e vire a sola para você. Espalhe creme hidratante na sola ou nas mãos. Usando os polegares, massageie as solas em movimentos circulares e profundos. Comece na região logo atrás dos dedos e siga em direção ao calcanhar. Concentre-se em áreas pequenas. Quando tiver terminado a sola, vire o pé e massageie o peito, ainda usando os polegares. Novamente, trabalhe em pequenas áreas e massageie todo o peito do pé.

Assim que terminar, vá para os dedos. Puxe cada um deles, lenta e suavemente; massageie-o torcendo suas laterais, trabalhando da base do dedo para fora; mexa-o para trás e para frente. Agora, repita o mesmo procedimento no outro pé.

Embora a rotina acima proporcione uma boa massagem, aqui vão algumas dicas que aumentarão ainda mais a circulação e darão a seus pés uma sensação de formigamento:

  • aperte toda a lateral externa do pé.
  • bata levemente nas solas com as costas da mão ou com a mão fechada; faça isso ao longo da sola.
  • use as duas mãos para virar o pé em direções contrárias, torcendo-o como se fosse uma esponja.
  • se algum lugar do pé estiver tenso e doer, em vez de massageá-lo, apenas pressione firme no local com os polegares, mantenha alguns segundos e solte.
  • você pode usar um creme que contenha mentol para dar uma sensação refrescante durante a massagem.

Finalmente, se seus pés precisam ser massageados, mas você não quer ou não pode fazê-lo devido à artrite ou a qualquer outro problema de saúde, você pode experimentar um equipamento de redemoinho de água que massageia seus pés para você. Entretanto, você deve evitar vibrações fortes se tiver histórico de coágulos sangüíneos. Esses dispositivos de redemoinho geralmente podem ser comprados em farmácias.

Embora nada seja tão fabuloso quanto uma massagem, o tamanho certo e o estilo dos sapatos podem fazer uma grande diferença em como seus pés se sentirão. Saiba na próxima página como ser um especialista em comprar sapatos.

Para aprender a tratar dos pés, além de evitar problemas, visite:

  • Problemas diários com os pés (em inglês): descubra o que provoca alguns dos problemas nos pés encontrados com mais freqüência, assim como a tratá-los ou evitá-los.
  • Lesões nos pés (em inglês): conheça as lesões nos pés mais comuns e as técnicas de primeiros-socorros - de bolhas a ossos quebrados - nesse artigo informativo.
Esses dados são apenas informativos. ELES NÃO TÊM O OBJETIVO DE PROPORCIONAR ORIENTAÇÃO MÉDICA Nem os editores de Consumer Guide (R), Publications International, Ltd., nem o autor e nem a editora se responsabilizam por quaisquer conseqüências possíveis oriundas de qualquer tratamento, procedimento, exercício, modificação da dieta, ação ou aplicação de medicamentos, resultados da leitura ou do seguimento das informações contidas nesse documento. A publicação dessas informações não constitui a prática da medicina, e elas não substituem o atendimento de seu médico ou de qualquer outro profissional de saúde. Antes de se submeter a qualquer tratamento, o leitor deve procurar atendimento médico ou de outro profissional da área da saúde.