Exercícios para a incontinência

­O assoalho pélvico é um conjunto de músculos que fica na parte de baixo da pélvis e sustenta os órgãos internos inferiores, como a bexiga e o útero, além de controlar os músculos do esfíncter, que são os responsáveis pelo controle da uretra e do reto. Quando você interrompe e inicia o jato urinário está utilizando esses músculos. Quando eles se tornam fracos, pode ocorrer a incontinência. Como esses músculos podem ser controlados voluntariamente, exercícios podem fortalecê-los e, conseqüentemente, ajudar a controlar a urina, principalmente em casos de incontinência de esforço. Contudo, isso só acontece se os exercícios forem realizados adequadamente.

Você também deve estar atento aos aparelhos e exercícios. Investigue cuidadosamente qualquer exercício de contração que afirma reduzir a incontinência. Algumas empresas podem informar que seus produtos ajudam a tonificar os músculos do assoalho pélvico, mas o aparelho pode acabar exercitando um grupo muscular diferente ou não ter efeito nenhum. Aparelhos utilizados entre as coxas, por exemplo, não fortalecem os músculos do assoalho pélvico. Se você não tem certeza de que determinado aparelho trará benefícios para seu problema de incontinência, consulte seu médico antes de desperdiçar tempo e dinheiro.­

Confira abaixo alguns exercícios simples recomendados pela NAFC que devem ser feitos diariamente para garantir os resultados. Se você precisa de mais instruções, consulte a NAFC ou seu médico para informações adicionais. Seu médico pode sugerir exercícios mais difíceis, dependendo do caso.

  • Deite-se de costas, com os joelhos dobrados e os pés um pouco afastados. Contraia todas as aberturas de seu assoalho pélvico: o reto, a uretra e, nas mulheres, a vagina também. Para ajudá-lo a isolar esses músculos, primeiro contraia-os como se estivesse tentando evitar a passagem de gases. Então (no caso das mulheres), contraia a vagina como se estivesse segurando um absorvente interno. Continue contraindo, como se estivesse segurando a urina. Mantenha a tensão enquanto conta lentamente até três. Depois alivie a tensão lentamente. Repita de cinco a dez vezes. Você vai sentir uma "erguida" dentro de você. Preste atenção em sua respiração e mantenha-a suave e confortável. Não tencione seu estômago, coxas ou nádegas, para não exercitar os músculos errados. Use sua mão para ter certeza de que a área do seu estômago está relaxada.
  • Repita o primeiro exercício utilizando uma banqueta baixa para erguer a parte inferior de suas pernas. Erguer suas pernas vai ajudar a relaxar os músculos do assoalho pélvico para exercitá-los.
  • Repita o primeiro exercício ajoelhado no chão, com os cotovelos apoiados em uma almofada. Nessa posição, os músculos do estômago estão completamente relaxados. Se você não puder se ajoelhar, enrole um cobertor e coloque-o sob seu corpo na região que une a coxa e a pélvis e deite de bruços para realizar o exercício.

Não deixe mais a incontinência controlar sua vida. Assuma o controle seguindo as dicas e sugestões listadas nesse artigo.

­­Publications International, Ltd.

Essas informações têm propósitos apenas informativos. ELAS NÃO FORNECEM ORIENTAÇÕES MÉDICAS. Tanto o editor do Consumer Guide ®, da Publications International, Ltd., quanto o autor e o divulgador não se responsabilizam por nenhuma possível conseqüência dos tratamentos, procedimentos, exercícios, modificações de dieta, ação ou aplicação de medicação que resultem da leitura ou utilização das informações aqui contidas. A publicação dessas informações não constitui prática da medicina e não substitui as orientações de seu médico ou outro profissional da saúde. Antes de iniciar qualquer tratamento, o leitor deve procurar o conselho do seu médico ou de outro profissional de saúde.