Como se livrar da caspa

Mesmo que a malassezia tenha se multiplicado rapidamente, você não precisa conviver com a caspa. Siga as nossas dicas para eliminar esses flocos de uma vez por todas.

Uso diário de xampu. Existe maneira mais fácil de se livrar da caspa do que lavar a cabeça? Tirar o excesso de óleo (que pode contribuir para o crescimento excessivo da malassezia, em primeiro lugar) e dos flocos lavando diariamente com xampu pode ser a maneira mais fácil de tratar seus cabelos.

É caspa?

Pode ser que você tenha alguma coisa que se pareça com caspa, mas não seja. A escamação da pele também pode ser causada pela dermatite seborréica ou psoríase.

A dermatite seborréica é um distúrbio crônico caracterizado pela inflamação da pele, além de escamação. Pode afetar as sobrancelhas e o contorno do cabelo, as laterais do nariz, as orelhas e o peito.

A psoríase caracteriza-se por manchas escamosas avermelhadas na pele e é  resultado da troca rápida das células. Existem medicamentos prescritos para controlar as duas doenças.

Então, se você ainda tiver problema com caspa depois de experimentar os remédios caseiros discutidos aqui, procure um médico.

Mude de xampu. Se seu xampu normal não está resolvendo o problema, mesmo com lavagem diária, está na hora de passar a usar um xampu anticaspa. Verifique os componentes dos xampus para caspa vendidos diretamente e procure um que contenha piritiona de zinco, que pode reduzir os fungos; sulfeto de selênio, que pode limitar a troca das células e possivelmente diminuir a quantidade de fungos; ácido salicílico, que funciona como uma espécie de esfregão para soltar a pele morta; ou cetoconazol, que funciona contra uma grande variedade de fungos.

Procure os três. Seu xampu para caspa preferido pode não ter mais efeito após um tempo, e aqueles pequenos flocos podem voltar. Não culpe o xampu. Pode ser que você simplesmente tenha criado resistência a esse componente ativo. Para evitar isso, procure usar três marcas diferentes de xampu anticaspa (cada um com uma formulação diferente), cada um durante um mês. Em outras palavras, use um xampu por um mês, no mês seguinte, use a segunda marca, e no terceiro mês o outro, para então retornar ao xampu original por mais um mês.

Ensaboe duas vezes. A primeira aplicação e enxágüe removem os flocos soltos e o óleo formado nos cabelos e no couro cabeludo. É uma espécie de limpeza da área, de modo que a segunda ensaboada tenha efeito. Deixe a segunda espuma do xampu pelo menos cinco minutos na cabeça antes de enxaguar os cabelos. Isso permite que o xampu penetre nas células da pele e faça o que supostamente deveria fazer.

Experimente alcatrão. Se os xampus anticaspa não estiverem funcionando, é hora de utilizar o grande trunfo: o xampu de alcatrão, um remédio comprovado por mais de 200 anos. O alcatrão diminui a troca das células de maneira eficaz, mesmo que haja algumas desvantagens. Os xampus de alcatrão têm um odor forte, podem manchar a raiz de cabelos descoloridos (você pode usar um xampu mais suave durante semanas até se livrar da descoloração) e podem irritar a pele.

Use rinçagem. Se decidir usar um xampu de alcatrão, enxagüe o cabelo com suco de limão, passe um condicionador ou creme rinse para eliminar o cheiro do xampu. Usar um condicionador após lavar o cabelo com qualquer xampu anticaspa é uma boa opção, pois os xampus medicinais tendem a ressecar o cabelo, deixando-os mais difíceis de se lidar. Muitos deles também ressecam o couro cabeludo, o que pode aumentar a escamação, um condicionador pode ajudar a manter sua umidade.

Fique atento à sua sensibilidade. Há pessoas que não podem usar xampu de alcatrão. Por quê? Porque são muito sensíveis. Este ou outros xampus podem irritar e inflamar seus folículos pilosos, causando uma condição chamada foliculite. A cura? Passar a usar um xampu mais suave.

Pare de coçar. Procure resistir à tentação de coçar as manchas. Suas unhas podem ferir o couro cabeludo. Se machucar a pele do couro cabeludo, suspenda por um período o uso do xampu medicinal. Passe a usar diariamente um xampu mais suave, como um infantil, até que as feridas cicatrizem.

Elimine o suor. Após exercícios ou trabalhos que o façam transpirar, procure tomar banho e lavar a cabeça em seguida. O suor irrita o couro cabeludo e acelera a descamação das células da pele.

Vá devagar com os produtos viscosos. Embora você não precise deixar de usar musse, spray e gel, procure usá-los com menos freqüência. Esses produtos para cabelos podem contribuir para a produção de óleo.

A caspa pode ser um problema desagradável, mas você pode se livrar desses flocos horríveis, seguindo um controle cuidadoso.

Publications International, Ltd.

Esses dados são apenas informativos. ELES NÃO TÊM O OBJETIVO DE PROPORCIONAR ORIENTAÇÃO MÉDICA. Nem os editores de Consumer Guide (R), Publications International, Ltd., nem o autor e nem a editora se responsabilizam por quaisquer conseqüências possíveis oriundas de qualquer tratamento, procedimento, exercício, modificação alimentar, ação ou aplicação de medicação resultante da leitura ou aplicação das informações aqui contidas. A publicação dessas informações não constitui prática de medicina, e elas não substituem a orientação de seu médico ou de outros profissionais da área médica. Antes de se submeter a qualquer tratamento, o leitor deve procurar atendimento médico ou de outro profissional da área da saúde.