Como funciona o cigarro eletrônico

Autor: 
Susan Cassidy

Cigarros eletrônicos, também chamados de e-cigarros, e-cigs, e-cigarettes, são um método alternativo de consumo de nicotina, substância química viciante presente no tabaco. Normalmente os e-cigarros têm a aparência dos cigarros convencionais, mas não contêm tabaco e não precisam de um fósforo - nem de isqueiro, ou qualquer outro tipo de chama.

Um cigarro eletrônico desmontado, ao lado de líquido para recarga
Ary6/iStockphoto
Um cigarro eletrônico desmontado, ao lado de líquido para recarga

O e-cigarro é um dispositivo alimentado por bateria que converte a nicotina líquida em vapor, que o usuário inala. Não há fogo, cinzas nem cheiro de fumaça. Os cigarros eletrônicos não contêm outras substâncias químicas nocivas normalmente associadas ao tabaco, tais como alcatrão e dióxido de carbono.

Segundo os fabricantes do e-cigarro o produto é uma alternativa mais saudável aos cigarros feitos de tabaco, cujo consumo provoca milhões de mortes por ano. Consumidores afirmam que os cigarros eletrônicos ajudam a diminuir a "tosse de fumante", apuram o paladar e o olfato e até melhoram o sono.

O farmacêutico chinês Hon Lik inventou o e-cigarro e patenteou o produto em 2003, lançando-o no mercado chinês em 2004. Atualmente várias empresas vendem cigarros eletrônicos em várias partes do mundo. Essa popularização foi acompanhada por dúvidas em relação a sua segurança  - por exemplo, há a suspeita de emissão de produtos nocivos no vapor do e-cigarro.

No Brasil é proibida a venda - assim como a publicidade - do cigarro eletrônico. A decisão foi tomada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em 28 de agosto de 2009, com base na "inexistência de dados científicos que comprovem a eficiência, a eficácia e a segurança no uso e manuseio de quaisquer dispositivos eletrônicos para fumar, conhecidos como cigarro eletrônico".

O cigarro eletrônico é uma escolha mais limpa e saudável para os fumantes ou é um dispositivo perigoso, com riscos ocultos? Há fundamentos nos dois pontos de vista, mas na próxima página vamos começar pelo básico: como o e-cigarro funciona - e por que é popular.