Bactérias causadoras de doenças

Bactérias causadoras de doença, ou patogênicas, são parasitas de organismos vivos. As bactérias entram nos humanos de diversas formas. Bactérias do ar entram por abrasões na pele ou passando diretamente para nariz, garganta ou pulmões. Elas causam doenças como difteria, coqueluche, infecções por estafilococos, infecção da garganta causada por estreptococos, tétano e tuberculose. Outras bactérias entram no corpo por meio de comida ou água contaminada. Elas causam doenças como febre tifóide, desinteria, cólera e botulismo.

Bactéria da salmonela, que causa envenamento da comida
humonia/iStockphoto
Bactéria da salmonela, que causa envenamento da comida

Algumas cadeias de bactérias secretam toxinas na corrente sanguínea, que carrega o veneno para outras partes do corpo. Algumas doenças bacterianas podem ser prevenidas por imunização rotineira durante  a infância. Se as doenças são contraída, elas geralmente são tratadas com antibióticos, como penicilina e sulfa. Pessoas que são especialmente suscetíveis a infecções bacterianas, como as que se recuperam de uma cirurgia ou aquelas que estão em tratamento quimioterápico, tomam antibióticos como medida preventiva.

As bactérias também causam doenças em plantas e em outros animais. Nas plantas, elas infectam as raízes, as folhas ou os troncos, causando doenças como podridão, ferrugem e mal das folhas. Doenças bacterianas de animais incluem antraz (doença fatal caracterizada por infecções graves na pele, no pulmão e no sistema digestivo do animal) e a brucelose.

Bactéria do antraz, doença fatal para animais
©2009 ComoTudoFunciona
Bactéria do antraz, fatal para animais

Como as bactérias são transmitidas

Bactérias que causam doenças entram no corpo de diversas formas. As que causam pneumonia e inflamação na garganta são transmitidas através de gotículas expelidas no ar por uma pessoa infectada que espirra ou tosse. A bactéria é então inalada e depositada nas membranas mucosas da garganta ou dos pulmões de uma pessoa saudável, onde elas se multiplicam e eventualmente causam doenças, a menos que sejam combatidas pelo sistema imunológico do corpo.

As bactérias que causam doenças intestinais - como a cólera e o tifo - podem ser transmitidas por alimentos que tenham sido manuseados pela pessoa infectada, ou pela água contaminada por resíduos corporais de um indivíduo infectado. Uma outra importante porta de entrada para infecções é qualquer ferimento na pele, razão pela qual é importante fazer a limpeza do corte o quanto antes.

Bactérias e o corpo

Uma vez dentro do corpo, a bactéria causa danos de duas maneiras: pela destruição direta do tecido ou pela produção de toxinas. Determinadas células
brancas, conhecidas como linfócitos, produzem antitoxinas (que
neutralizam as toxinas das bactérias) e anticorpos (que destroem as
bactérias invasoras). Uma vez criados, os anticorpos de uma doença
específica podem persistir no corpo ou se reproduzir quando
necessário, oferecendo imunidade contínua - algumas vezes por toda a
vida. Há ainda uma outra célula branca conhecida como fagócito que
consegue destruir a bactéria.