A cirurgia e a recuperação

Autor: 
Dan Oizerovici

Geralmente a artroscopia pode ser feita em hospital Day Clinic com alta no mesmo dia. Pode ser utilizada anestesia tipo geral, raqui ou peridural.

O procedimento é realizado através de 2 ou 3 pequenas incisões. Soro fisiológico é introduzido no joelho, que é totalmente inflado, permitindo uma visão clara e nítida. O joelho é inspecionado - avalia-se a patela, o compartimento medial com a cartilagem que reveste o côndilo do fêmur e a tíbia e o menisco medial. Em seguida o compartimento lateral é avaliado da mesma forma, e então se examinam os ligamentos cruzados anterior e posterior.

Se for necessário, pequenos instrumentos - como pinças, tesouras artroscópicas, bisturi artroscópico, shaver (que é um aparelho motorizado) - são inseridos pelas outras incisões triangulando para realizar os procedimentos cirúrgicos.


Tesoura artroscópica retira material lesionado

Os procedimentos protocolados são:

  • tratamento de lesões meniscais, seja retirada parcial do fragmento lesado ou sutura
  • tratamento de lesões ligamentares
  • retirada de fragmentos soltos de cartilagem ou ósseos
  • ressecção de sinovial inflamada
  • tratamento de lesões de cartilagem articular


Shaver apara e aspira ao mesmo tempo

Complicações

Os problemas pós-operatórios possíveis na artroscopia do joelho são infecção, comprometimento venoso (trombose venosa) e acúmulo de sangue no joelho (hemartrose). São infreqüentes e quando identificados são tratados.

A recuperação pós-artroscopia é muito mais simples que na cirurgia aberta. O paciente pode caminhar com descarga de peso (mas em alguns casos o uso de muletas pode se tornar necessário). A recuperação é rápida e eficiente e deve ser feita seguindo protocolos fisioterápicos.

A fisioterapia consiste em exercícios para ganhar a amplitude normal de movimento e força muscular. Devem ser feitos exercícios isométricos para fortalecer quadríceps, isquiotibiais e glúteos.

Exercícios proprioceptivos (para retomar a capacidade de receber estímulos do organismo) devem ser realizados antes do paciente voltar à pratica esportiva.

Existem protocolos definidos para cada procedimento em particular.