Como funciona a artroscopia do joelho

Autor: 
Dan Oizerovici
­artroscopia

­A artroscopia permite ao cirurgião ortopedista diagnosticar e tratar lesões da articulação do joelho. São necessárias 2 ou 3 pequenas incisões, e se utiliza o artroscópio, que é um instrumento do tamanho de um lápis que, introduzido no joelho, permite a visualização da articulação. O artroscópio contém fibra ótica, que transmite as imagens do joelho através de uma microcâmera para um monitor de TV. As imagens obtidas e a inspeção cuidadosa do joelho permitem ao cirurgião examinar a articulação e identificar o problema. Através das pequenas incisões são introduzidos no joelho instrumentos cirúrgicos que podem realizar as correções necessárias.

A artroscopia moderna se iniciou no Japão na década de 70. Com o desenvolvimento dos artroscópios, a melhoria das câmeras e a miniaturização de instrumentos se torna possível realizar um diagnóstico preciso e correto da lesão e o tratamento de diversas patologias do joelho. Atualmente a artroscopia é um dos procedimentos mais freqüentes da ortopedia - são realizadas nos EUA mais de 1,5 milhão de cirurgias por ano.


Cirurgião usa um probe para examinar o joelho