Como tratar a asma com aromaterapia

Autor: 
Kathi Keville

A dificuldade de respiração característica da asma vem do esforço de empurrar o ar através das passagens inchadas e estreitas dos brônquios. Durante um ataque de asma, o ar velho não pode ser totalmente exalado porque os bronquíolos estão inchados e entupidos com muco. Como conseqüência, menos ar pode ser inalado, e a pessoa arfa e esforça-se para respirar.

Reações alérgicas à comida, estresse e alérgenos presentes no ar são causas comuns da asma. As alergias colocam em funcionamento a produção de histamina, que dilata os vasos sangüíneos e contrai as vias aéreas. Quem sofre de asma trava uma batalha progressiva contra tal congestão na tentativa de livrar seus pulmões das irritações.

Muitos livros de aromaterapia chamam a atenção para o perigo do uso de óleos essenciais no tratamento da asma. Alguns asmáticos são sensíveis a fragâncias e acham que elas despertam seus ataques. Embora não haja intenção de tornar a situação pior, a aromaterapia pode oferecer resultados promissores quando usada de maneira criteriosa.

A hora mais segura para tratamento com aromaterapia é entre ataques. Use um preparado para esfregar no peito feito de óleos essenciais que tenham propriedades descongestionante e anti-histamínica, como hortelã-pimenta e gengibre. A camomila alemã (camomila azul), que contém chamazuleno, previne a liberação de histamina. Olíbano, manjerona e rosa estimulam a respiração profunda e permitem aos pulmões expandirem-se. Para reduzir os espasmos dos brônquios, use os relaxantes camomila, lavanda, rosa, gerânio e manjerona.

A inalação de vapor de lavanda por ser usada por alguns asmáticos até durante um ataque. O vapor abre as vias aéreas, enquanto a lavanda relaxa os espasmos pulmonares rapidamente. Isso deve suspender o ataque logo no início ou, ao menos, torná-lo menos severo. Como bônus, a lavanda também relaxa a mente, ajudando a dissipar o pânico que o asmático sente quando não consegue respirar.

Se você acha que a inalação apenas torna a respiração mais difícil, use um difusor aromaterápico ou um umidificador no lugar. Para bebês e crianças pequenas, coloque um pouco de água bem quente na banheira, adicione várias gotas de óleo essencial de lavanda, e segure a criança em seus braços sobre o vapor. Você também pode esfregar os pés do asmático com óleo de massagem aromaterápico.

Óleos essencias não são poderosos o suficiente para curar por si sós a asma. Ervas que reparam os danos aos pulmões e melhoram a respiração também são necessárias, além de se evitar qualquer estímulo a reações alérgicas. Se a reação for causada pelo estresse, então outras técnicas de aromaterapia, como massagem, relaxamento e banhos perfumados, podem ajudá-lo a desestressar a vida.

Óleos essenciais para asma: camomila, eucalipto (não use durante um ataque), olíbano (respirar profundamente expande o pulmão), gerânio, gengibre, lavanda, manjerona, hortelã-pimenta e rosa.

Tratamentos aromaterápicos para asma

Tente as seguintes receitas para o alívio da asma entre os ataques:

Pomada de inalação para asma

  • 6 gotas de óleo essencial de lavanda
  • 4 gotas de óleo essencial de gerânio
  • 1 uma gota de óleo essencial de manjerona
  • 1 gota de óleo essencial de hortelã-pimenta ou gengibre
  • 28 gramas de óleo vegetal (óleo carreador)

Misture os ingredientes e esfregue o preparado no peito quando necessário, especialmente na hora de dormir. Porque os asmáticos podem ser extremamente sensíveis a cheiros, faça um teste olfativo antes, simplesmente cheirando a fórmula para ter certeza de que não há reações adversas.

Vapor de óleo essencial

  • 1/4 de colher de chá de óleo essencial de eucalipto
  • 3 copos de água

Ferva a água em fogo brando, apague o fogo e adicione o óleo essencial. Coloque a panela em um local próximo de você de modo que possa inclinar a cabeça sobre o vapor. Cubra a cabeça e a panela com uma toalha, formando uma mini-sauna. Respire o vapor, tirando a cabeça da toalha quando sentir necessidade de respirar ar fresco. Faça ao menos três rounds dessa inalação várias vezes ao dia. Folhas de eucalipto secas ou frescas podem ser adicionadas na água no lugar do óleo essencial. Você pode substituir o eucalipto por outros óleos essenciais listados acima (como o de lavanda). Não use os óleos de louro, cravo ou tomilho. Qualquer que seja o óleo essencial usado, mantenha os olhos fechados durante a inalação.