Anestésicos injetáveis

Autor: 
Eugenie Heitmiller, MD

Um medicamento anestésico líquido é liberado no cérebro pela injeção direta na corrente sangüínea, geralmente através de um cateter intravenoso. Exemplos de medicamentos injetáveis são barbitúricos, propofol, ketamina e etomidato, bem como grandes doses de narcóticos (como a morfina) e benzodiazepinas (medicamentos semelhantes ao Valium). Estes medicamentos atingem rapidamente o cérebro e seu efeito depende de vários fatores incluindo o volume no qual o medicamento é distribuído pelo corpo, a solubilidade do medicamento na gordura e a rapidez com a qual o corpo elimina o medicamento.

Um anestésico barbitúrico injetável muito utilizado é o tiopental sódico, também conhecido como Pentotal. Este medicamento é solúvel na gordura e age rapidamente. Se você receber o tiopental sódico e começar a contar de 0 até 100 após o medicamento ter ser injetado, provavelmente não conseguirá passar do 5. Alguns anestésicos injetáveis são utilizados em baixas doses para a sedação. Uma pequena dose de um narcótico ou uma benzodiazepina pode diminuir muito a ansiedade. Estes medicamentos são utilizados nestas doses como uma pré-medicação antes da anestesia geral ou como o "sono crepuscular" ou sedação quando utilizado em conjunto com a anestesia local ou regional.